Notícias

Alerta contra a dengue em forma de teatro

Data de inclusão: 25/06/2013 16:31

Uma maneira diferente foi encontrada pela equipe do programa de combate à dengue, do Centro de Vigilância à Saúde, para orientar os estudantes sobre a importância da prevenção. Desde o início do ano, as escolas recebem a equipe para uma apresentação teatral e nesta terça-feira à tarde, 25, foi a vez das crianças do CEIM Pica Pau, no bairro Brasília, participarem da ação.

 

O teatro “Mosquita dengosa: A passageira clandestina” fala sobre um caminhoneiro que foi picado pelo mosquito transmissor da doença durante uma de suas viagens. Entre uma cena e outra, os “atores” abordam sobre os sintomas, dão dicas de como combater a dengue e a importância de receber a visita do grupo de fiscalização. “A peça está sendo apresentada para os alunos das pré-escolas, mas, a partir do mês que vem, iniciamos com os estudantes de 1º ao 9º ano”, conta o coordenador do programa, Jerri Afonso Cristofolini.

 

Para a diretora do CVS, Luciane Scatalon, a iniciativa de se realizar um teatro nas escolas teve o objetivo de complementar as ações de combate à doença. “As crianças nos ajudam muito no repasse das informações sobre os cuidados que se deve ter para evitar o foco do mosquito da dengue”, disse. “Além da peça teatral, a equipe do programa de combate à dengue realiza, constantemente, fiscalização em casas e estabelecimentos comerciais para verificar vasos, calhas, ralos, enfim, locais propícios ao armazenamento de água parada”, completa.

 

No dia 1º de julho, as crianças do CEIM Raio de Sol recebem a peça teatral. A ação tem início às 14 horas. As escolas que tiverem interesse podem ligar no Centro de Vigilância à Saúde para agendar uma visita dos “atores”. O telefone é o 3635-4121.

 

Fiscalização - Segundo a diretora do CVS, Luciane Scatalon, o município conta com 317 armadilhas ativadas e visitadas pela equipe do programa de combate a dengue a cada sete dias. Além das fiscalizações, a equipe aproveita para orientar a população, entregando materiais educativos e ainda, reforça os cuidados para o ano inteiro, inclusive no inverno.

 

Neste ano, a equipe identificou sete focos do mosquito Aedes aegypti, todos em armadilhas colocadas pela própria equipe do programa. O último foi encontrado no bairro Oxford, no dia 5 deste mês. A dengue é transmitida pelo mosquito infectado pelo vírus da doença, que costuma picar durante o dia, principalmente no início da manhã e no final da tarde. A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito, finalizou Luciane.

 

Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

Imagens relacionadas

Alerta contra a dengue em forma de teatro
Alerta contra a dengue em forma de teatro
Alerta contra a dengue em forma de teatro
Alerta contra a dengue em forma de teatro
Todos os direitos reservados © 2014 Prefeitura de São Bento do Sul