Notícias

Obras que são modelo de seriedade e qualidade

Data de inclusão: 14/09/2018 12:19

Um modelo a ser seguido.
Sem exageros esta poderia ser a definição das obras que vem sendo realizadas pelo Samae ou sob a responsabilidade do Samae no município.
É como o diretor-presidente da autarquia, Fridolino Van Den Boom disse: "Nós estamos fazendo exatamente aquilo que foi proposto à população, ou seja, estamos deixando os trechos em obras em melhores condições do que se encontravam antes, e estamos abrindo e fechando os trechos no mesmo dia, causando o mínimo de transtornos aos moradores", explicou Fridolino.

Nesta semana inclusive o diretor-presidente do Samae percorreu alguns trechos juntamente com o prefeito Magno Bollmann para acompanhar o andamento dos trabalhos.
"O que vi realmente me deixou muito satisfeito. A organização, a limpeza, a fiscalização nos trabalhos. Não vi moradores reclamando, pois os trechos realmente são abertos para implantação dos tubos e fechados no mesmo dia. Eu estou muito feliz com o andamento destes trabalhos", disse o prefeito Magno Bollmann.

Interligação da rede do Parque Sueli com o Cruzeiro

Com investimentos próprios de aproximadamente R$ 850 mil, o Samae vem realizando a interligação da rede de esgoto do Parque Sueli com a Estação de Tratamento de Esgoto - ETE do bairro Cruzeiro.

Conforme explica o diretor-presidente do Samae, esta obra contempla a implantação de 2 quilômetros de rede de esgoto que interligará todo o Parque Sueli à ETE do bairro Cruzeiro. Com a obra quase concluída, 120 residências mais indústrias e comércios estarão sendo atendidos com o objetivo de desativar a Estação Compacta de Tratamento de Esgoto do Parque Sueli.

Com esta obra dois aspectos merecem destaque:
Economia aos cofres públicos - pois o custo anual de operação da ETE compacta é de R$ 34 mil, necessários para a energia elétrica e a realização dos testes e análises de esgotos obrigatórios. E ainda R$ 14.000,00 a cada 4 anos necessários para a renovação de licença ambiental, valor correspondente a R$ 3.500,00 por ano.
Assim sendo, com a desativação da Estação Compacta do Parque Sueli o Samae estará economizando R$ 37.500,00 ao ano.

E além da economia, todo o trecho que está sendo implantado já será utilizado posteriormente quando for realizada a obra de ampliação da rede conectando o bairro Lençol à rede da ETE do bairro Cruzeiro.
"Planejamos muito as obras, e esta interligação já é parte da obra que realizaremos no futuro, quando interligaremos todo o bairro Lençol à rede do Cruzeiro", explicou Fridolino.


Interligação do Alpestre com a ETE Cruzeiro
Este mês será lançado o edital para as obras de implantação da rede que interligará todo o Residencial Alpestre e arredores, além de um trecho da Estrada Paraná à rede da ETE do bairro Cruzeiro. 
Trata-se de mais uma obra com recursos próprios do Samae que deverá girar em torno de R$ 1 milhão em investimentos.

Com previsão de início para janeiro próximo e previsão de conclusão para o mês de julho de 2019, esta rede irá redirecionar todo o esgoto do Residencial Alpestre e parte do bairro para a ETE do Cruzeiro com o objetivo de desativar ETE Compacta do Alpestre.
Mais uma vez destaca-se a economia que será gerada, pois assim como no Parque Sueli, a ETE Compacta do Alpestre tem custo de R$ 37.500,00 ao ano.
Todo este trecho também já contemplará a futura obra de ampliação da rede e interligação do bairro Lenços à ETE do bairro Cruzeiro.


ETE com estrutura planejada
Mas a pergunta que permanecia era: Com este aumento da demanda, considerando o volumem de esgoto do Parque Sueli, do Residencial Alpestre e dos arredores, a ETE Cruzeiro teria capacidade para tratamento?

Fridolino esclareceu que "quanto mais esgoto melhor o funcionamento da ETE Cruzeiro".
A ETE foi planejada e projetada para atender a toda esta demanda. Inclusive, assim que as obras que estão em andamento da implantação da rede das sub-bacias 1 e 2 estiverem concluídas, a ETE atenderá sem problema algum.

"Ainda há capacidade para ampliação do tratamento. Só será necessária ampliação da ETE quando a rede do bairro Mato Preto estiver implantada e conectada, mas toda a estrutura já foi construída para esta demanda, assim, quando a rede do Mato Preto estiver conectada, a ETE só necessitará da construção de mais um biodigestor, pois toda estrutura já foi construída prevendo a demanda dos bairros Cruzeiro, Oxford, Centro, Mato Preto e arredores", explicou Fridolino.


Obras da Sub-bacia 1 e 2 dentro do cronograma
Já no que se refere às obras de implantação da rede de esgoto das sub-bacias 1 e 2 do rio São Bento,  que abrangerá todo o centro e arredores do município, os trabalhos estão rigorosamente dentro do cronograma previsto.

No loteamento Monte Carlo, local onde os trabalhos tiveram início, o diretor-presidente do Samae Fridolino Van Den Boom esteve juntamente com o prefeito Magno Bollmann verificando as vias que já foram entregues.
Na rua Romualdo Quint, onde as obras iniciaram, há inclusive saibro, deixando a via melhor do que estava antes dos trabalhos.
"Nós nos comprometemos com a comunidade em deixar as vias melhores do que quando iniciamos as obras de implantação da rede, e estamos fazendo. A prova esta aqui", disse Fridolino.

No local, inclusive, o comerciante Elcio Vieira Ribeiro elogiou os trabalhos. "Ficou muito bom, foi bem feito. Quando passou em frente ao comércio não houve transtorno nenhum. Eles abriram e já fecharam a via, então não atrapalhou, foi bem tranquilo", disse Elcio.

Do Monte Carlo Fridolino e o prefeito Magno Bollmann seguiram para acompanhar as obras na rua Ernesto Becker, no bairro Rio Negro.
Ali, segundo Fridolino, o que chamou a atenção foi o grau de seriedade e comprometimento com a fiscalização da obra.
Executada pela empresa Dalba Engenharia e Empreendimentos Ltda, a obra é fiscalizada pela empresa Restelo Construções e Consultoria Ltda, que é responsável pelo gerenciamento, fiscalização e supervisão da implantação.

“Vimos o engenheiro ordenando que a obra parasse porque de acordo com o projeto um tubo de ferro fundido deveria ser utilizado para conectar dois tubos, um ao lado do outro, que serão utilizados para o bombeamento do esgoto. Naquele momento o funcionário estava colocando este tubo de ligação de concreto, e não de ferro fundido. De imediato o engenheiro ligou para a empresa e solicitou o material para que a obra pudesse prosseguir”, explicou Fridolino.

O prefeito Magno Bollmann ficou satisfeito com o que viu. "É por esses detalhes que vemos o quão sério está sendo este trabalho. Isso é respeito para com o cidadão, pois são recursos públicos muito bem empregados com seriedade e honestidade", disse Magno.

Outro local visitado foi a rua Estevão Buschle, onde o atual trecho de implantação está com escavações a 6 metros de profundidade em solo rochoso. "Para nós não foi surpresa chegar a esta profundidade e encontrar rochas, pois o planejamento da obra e todo o projeto já havia levantado estas informações, por isso os trabalhos estão dentro da normalidade", explicou Fridolino, destacando o grande planejamento que foi realizado previamente pela equipe.
Além disso, no trecho com rede já implantada a pavimentação de paralelepípedos já foi toda recolocada. "Aliás, esta é uma das ruas que receberá pavimentação asfáltica com recursos próprios do Samae ao término da implantação da rede", destacou Fridolino.


Tecnologia

Já no bairro Schramm onde outra frente de trabalho atua, os trabalhos passaram pelas ruas Maria da Conceição Klaumann, José Cordeiro e Paulo Romer. Inclusive a conexão entre as ruas Paulo Romer e José Cordeiro, que necessita cortar a Estrada Schramm, está sendo estudada para ser realizada com perfuração não destrutiva, ou seja, com o emprego de tecnologia para perfurar o solo sob a via, sem a necessidade de se abrir a Estrada Schramm para atravessar o tubo da rede. “São Soluções como estas que são estudadas e aplicadas ao longo da obra, proporcionando inclusive redução no tempo do trabalho e nos custos", destacou Fridolino ao encerrar a vistoria com o prefeito Magno Bollmann.

Joberth Krause – MTB 4280SC
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154 | 6361.6148
 

Imagens relacionadas

Obras que são modelo de seriedade e qualidade
Obras que são modelo de seriedade e qualidade
Obras que são modelo de seriedade e qualidade
Obras que são modelo de seriedade e qualidade
Obras que são modelo de seriedade e qualidade
Obras que são modelo de seriedade e qualidade
Obras que são modelo de seriedade e qualidade
Todos os direitos reservados © 2018 Prefeitura de São Bento do Sul