Notícias

Seguem as obras de implantação da rede de esgoto

Data de inclusão: 09/01/2019 13:13

Nesta quarta-feira (9) foi realizada uma reunião para apresentar o cronograma de andamento das obras de implantação da rede de esgoto, as quais chegaram ao Centro do município. Participaram do encontro o prefeito em exercício, Marcio Dreveck, o diretor presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom, o secretário de Planejamento e Urbanismo, Luiz Claudio Schuves, e o secretário de Saúde, Manuel Del Olmo. 

Os trabalhos se concentram na Rua Jorge Lacerda, sentido Calçadão e esquina do Hospital e Maternidade Sagrada Família. “Nesta quarta-feira (9) a equipe conclui esta etapa e a partir de quinta-feira (10), a obra segue do outro lado da via, entre as esquinas do hospital e dos Correios”, disse.

O Samae aproveitará a intervenção na via para realizar modificações na rede pluvial, a fim de dar mais vazão às águas das chuvas. 

Alteração - Segundo Fridolino, algumas alterações no cronograma foram necessárias para dar maior fluidez no trânsito. “Para a primeira etapa realizada na Jorge Lacerda foi utilizada uma retroescavadeira, mas agora será usada uma mini escavadeira. Esse maquinário ocupa menos espaço e o trânsito pode fluir melhor, já que não há necessidade, por enquanto, de interdição da via”, explicou. 

Outro ponto destacado pelo diretor presidente do Samae é a conclusão, nesta quarta-feira (9), da implantação da rede na Rua das Acácias (lateral do Shopping Zipperer) e na Travessa Champagnat (Acesso do Colégio São Bento). “Com estes dois pontos concluídos, as frentes de trabalho seguem para a Rua Estevão Buschle, no bairro 25 de Julho, sentido Móveis Katzer e Augusto Klimmek, e outra frente na Rua Professor Egon Hussmann à Rua Paulo Parucker”, comentou. 

Todas as calçadas danificadas serão refeitas e as ruas Estevão Buschle, Jorge Zipperer, Schramm, Wolfgang Amon e Professor Egon Hussmann receberão pavimentação após a conclusão dos trabalhos. “As obras de pavimentação na Rua Estevão Buschle começa no dia 15 de janeiro, quando a empresa responsável pela obra retorna das férias”, contou Fridolino. 

A obra – A implantação da rede de coleta de esgoto sanitário das sub-bacias 1 e 2 do rio São Bento tem investimento de R$ 9,8 milhões, a fundo perdido, ou seja, não precisa de devolução. 

As obras compreendem na instalação da rede coletora relativa às sub-bacias 1 e 2 do Rio São Bento, nos bairros 25 de Julho, Centro, Schramm e Progresso.

O prazo das obras é de 18 meses e após a conclusão o município passará dos atuais 23,82% de cobertura de coleta e tratamento de esgoto para 32,15% de cobertura. “Sabemos que haverão transtornos, mas isso é necessário para realizarmos esta obra tão importante, que representam saúde para a comunidade e preservação do meio ambiente. Para cada real investido em saneamento básico se economiza R$ 4 com saúde”, comentou o prefeito em exercício, Marcio Dreveck. 

Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul    
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br | 3631.6132 | 3631.6114 | 3631.6154

Imagens relacionadas

Seguem as obras de implantação da rede de esgoto
Seguem as obras de implantação da rede de esgoto
Seguem as obras de implantação da rede de esgoto
Todos os direitos reservados © 2019 Prefeitura de São Bento do Sul