Foto

Saúde

Reunião é realizada para ouvir reivindicações de empresários

13/01/2021 11:50

Na tarde de terça-feira, dia 12, a Secretaria de Saúde promoveu um encontro com os empresários dos segmentos de bares e restaurantes de São Bento do Sul, tendo como pauta principal, ouvir as reivindicações dos proprietários do setor.

A reunião foi realizada de forma online e presencial, contando com a participação da secretária de Saúde, Carmen Regina Binotto, diretora do Centro de Vigilância à Saúde, Silvana Bianco Bauer, vereadora e presidente da Câmara de Vereadores, Carla Hofmann, consultor de núcleo da ACISBS, Joari Vepech, fiscais da vigilância e empresários do ramo de bares e restaurantes.

Um dos principais temas abordados durante a reunião foi o pedido da liberação de música ao vivo e mais flexibilização em relação às medidas restritivas do decreto atual.

Conforme explicou a secretária de Saúde, Carmen Regina Binotto, o principal objetivo é trabalhar junto, ouvindo os empresários e levar as reivindicações de melhorias para o Comitê de Crise Covid-19. “Estamos trabalhando com o propósito de não decidir nada sozinhos. Esta é uma oportunidade de conseguirmos levantar todos os pedidos, analisar e posteriormente decidir o que for melhor para o município. É nosso dever e, com certeza, iremos cumprir”, destacou.

A presidente da Câmara de Vereadores, Carla Hofmann, enfatizou a parceria entre o executivo e legislativo, abrindo caminho para um diálogo mais aberto e transparente. “Desde o início do ano estamos trabalhando para melhor atender os nossos munícipes. Com isso podemos fazer com que as situações sejam resolvidas rapidamente, e que os empresários do setor possam estar por dentro de tudo o que acontece antes de qualquer decisão tomada pelo comitê”.

Os empresários também elogiaram a atuação imediata da Administração, para que possam ser ouvidos antes de qualquer tomada de decisão. O empresário Edivandro Camilo, destacou que a Secretaria de Saúde abriu portas para todos os segmentos com esses encontros. “Gostaria de parabenizar e agradecer, com isso conseguimos estar por dentro de tudo o que ocorre, além de nos programarmos melhor após os decretos”, disse.

Nesta semana, conforme o decreto n°76, o segmento de bares e restaurantes tiveram uma flexibilização em relação ao horário de funcionamento, onde antes o horário determinado era até às 22 horas, passando agora a poder atender até meia-noite.

Os pedidos dos empresários serão levados para o Comitê de Crise Covid-19, que ocorre na próxima quinta-feira, às 10 horas.

Jonei Marcos Schritki

Assessoria de Comunicação