SAMAE

Iniciando estudos para nova captação

22/09/2021 16:14

Foi publicada no diário oficial da União nesta terça-feira (21), pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), a outorga preventiva ao Samae de São Bento do Sul para que possa dar início aos projetos para construção de uma futura captação de água no rio Negro, na divisa entre Santa Catarina e Paraná.

Para o prefeito Antonio Tomazini, um de seus compromissos sempre foi o de projetar São Bento do Sul pensando no futuro e a captação de água do rio Negro é uma destas ações, pois será possível assim, garantir que não falte água potável à população ao longo de vários anos. “Hoje não temos problema de abastecimento, mas nossa cidade está crescendo e sabemos que a água é um bem essencial que nunca pode faltar”, disse.

O prefeito ainda lembra que, atualmente, o Brasil vive a sua maior crise hídrica dos últimos 90 anos e em diversas cidades já estão sendo feitos rodízios no abastecimento. Um dos exemplos disso é em Curitiba, aqui perto, onde o desligamento é feito por bairros seguindo um cronograma. “Já vivemos isso aqui em São Bento no passado, quando foi feita então a captação do rio Vermelho. Não podemos ficar parados aguardando para ver se um dia vamos ou não ter problemas. Estamos agindo desde já, pensando no presente e, especialmente, no futuro da nossa cidade”, destacou.

Pelo documento de outorga, o Samae poderá captar até 900 metros cúbicos de água por hora no rio Negro. Isso representa 250 litros por segundo. Atualmente, a captação do rio Vermelho tem outorga para coleta de 236 litros por segundo. Além de servir de uma fonte de captação para o futuro, a nova captação servirá de fonte alternativa, caso a atual  precise de manutenção. 

De acordo com o presidente do Samae, Osvalcir Peters, a partir de agora, a autarquia pode contratar o projeto para a construção da captação, da linha de adutora e da Estação de Tratamento de Água (ETA) modular compacta. Ele explica que o objetivo é trazer a adutora até a atual ETA, no Parque 23 de Setembro, no Centro. “Porém, o projeto que vai dizer se essa é a melhor alternativa”, pondera.

Ainda conforme o presidente do Samae, a chuva dos últimos dias também trouxe alívio no município, pois o nível da barragem de captação em São Bento do Sul também estava chegando ao seu limite devido ao período mais seco. No entanto, isso não afetou a captação, tratamento e distribuição de água à população. “O objetivo do Samae é garantir o abastecimento de água tratada com qualidade e quantidade suficientes para a população, pensando hoje e no futuro da cidade”, destaca Peters.

Viviane de Vargas Miranda
Assessoria de Imprensa
Prefeitura de São Bento do Sul
Contatos: imprensa@saobentodosul.sc.gov.br